Economia de Energia: a importância do consumo consciente

Com o passar dos anos, cada vez mais a energia elétrica gerada pelas concessionárias, fica inviável para o bolso da maioria dos brasileiros, se tornando um sistema caro, prejudicial para o meio ambiente e pouco eficiente. Nestes momentos, repensar a nossa forma de consumo é uma excelente forma de chegar até uma solução satisfatória.

Usar iluminações de LED, desligar os aparelho da tomada, escolher eletrodomésticos mais eficientes, diminuir o tempo no banho e rever a instalações da sua casa são medidas que de fato te ajudarão a diminuir o seu consumo, entretanto, passamos constantemente pela alta dos preços da energia, logo, tais ações podem não gerar o resultado esperado a longo prazo quando se trata de economia, muito menos do meio ambiente.

Há alguns anos, o sistema de consumo consciente de energia elétrica vem ganhando visibilidade no Brasil, como forma de reduzir custos e principalmente, ajudar o planeta, que pede socorro. O desenvolvimento sustentável é essencial para a nossa evolução, por isso, é preciso reconhecer a importância de fazer com que as cidades cresçam lado a lado com a sustentabilidade.

O consumo sustentável visa evitar gastos desnecessários que demandam mais energia e podem, combinados com outros fatores, desencadear crises energéticas. No Brasil, a matriz energética ainda é muito ligada a produção das usinas hidrelétricas, ou seja, caso haja uma forte crise hídrica no país, a geração de energia será comprometida. Também é importante frisar a importância da água potável para o nossa vida e desenvolvimento, uma vez que este já se provou como um recurso limitado. Visto a importância desse assunto, separamos algumas dicas para te ajudar a consumir energia de forma consciente e, de quebra, garantir a economia na conta de luz.

1. Repense o uso dos chuveiros elétricos

Os chuveiros elétricos são um dos maiores consumidores elétricos de uma residência, podendo representar cerca de 30% do valor da sua conta. Apostar na instalação de chuveiros a gás ou solares é uma excelente forma de garantir essa economia.

2. Use o seu freezer e geladeira de forma consciente

A geladeira outra grande vilã do consumo de energia, correspondendo a cerca de 23% do valor da conta. Por isso, opte sempre por geladeira qualificadas pelo Inmetro, não encoste o aparelho na parede, jamais seque roupas atrás da geladeira, limpe-a com frequência e verifique as borrachas de vedação e evite abrir e fechar a geladeira desnecessariamente.

3. Opte com condicionares de ar tipo Inverter

Atualmente, temos disponível no mercado diversos tipos de ar condicionado, entre eles, os com a tecnologia Inverter. Essa é uma ótima opção para quem não abre mão do aparelho, seja no inverno ou no verão. Os condicionadores de ar Inverter possuem maior eficiência energética, sendo um bom aliado da economia de energia.

 

Dica extra:

Aposte no sistema fotovoltaico

O sistema fotovoltaico segue sendo a melhor forma de economizar energia e cuidar do planeta, visto que essa é uma forma de energia limpa, sustentável e infinita. O sistema fotovoltaico consiste em placas que captam a luz solar e transformam em energia, que através de inversores ou micro inversores, passam a ser distribuída pela sua casa. Ou seja, você será capaz de gerar a sua própria energia através do sol.

Estudos mostram que a economia pode chegar em até 95% do valor da conta de luz, assim, o investimento feito para instalação de placas solares acaba sendo pago pelo dinheiro economizado com a redução de gastos. Os módulos da Komeco possuem até 30 anos de garantia de eficiência, pensando no seu conforto hoje e no seu futuro amanhã.

 

Para elucidar ainda mais a importância de um consumo consciente, trouxemos uma tabela para te ajudar a entender os reflexos das suas escolhas ainda que a sua energia seja gerada por fontes renováveis. Confira:

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *