Pequeno no tamanho, gigante na eficiência: conheça os novos módulos 400W da Komeco.

A Komeco trouxe para o mercado mais uma novidade durante essa semana, dessa vez, a inovação fica por conta dos novos módulos fotovoltaicos Mono PERC Frame 400W.

Com esse lançamento, a Komeco tem por objetivo se destacar com um dos painéis com maior eficiência do mercado. Apesar de compactos, os módulos Mono PERC Frame 400W são extremamente eficientes na produção de energia, chegando a 20,61%, um resultado ainda maior que os módulos tradicionais.

Este é o resultado e consequência de toda a tecnologia empregada nessa novidade, abaixo explicamos cada detalhe para você: 

TECNOLOGIA PERC 

A tecnologia PERC (Passivated Emitter Rear Cell) em português Emissor Passivado de Contato Traseiro, consiste na aplicação de uma camada refletiva na estrutura da célula do módulo. Essa camada é responsável por refletir a luz do sol, fazendo com que os raios passem novamente pela célula, gerando um aumento na produção de energia para maximizar a radiação e ter uma margem menor de perda.

Essa camada é feita de material dielétrico passivo e está localizada entre a camada inferior de alumínio e a camada base de silício.

TECNOLOGIA DE BACKSHEET COM CAMADA MULTILAYER

 O Backsheet do módulo fotovoltaico Mono PERC Frame 400W foi desenvolvido com dupla camada à base de Fluoropolímero, esse polímero é responsável por atribuir uma alta resistência a solventes, ácidos e bases. 

A estrutura do Backsheet KOMECO é composta por PVF, adesivo, PET e PVDF.

O PVF (fluoreto de polivinil) é usado principalmente nos revestimentos de redução da inflamabilidade do interior dos aviões, garantindo uma maior segurança para o seu sistema fotovoltaico. O PVF possui baixa permeabilidade a vapores, queima muito lentamente e possui excelente resistência a intempéries e manchas, ou seja, a produtividade dos seus módulos estará assegurada por mais tempo, visto que eles contarão com uma alta resistência a manchas causadas pela exposição solar que prejudicam a captação de luz. 

Esse material também é resistente à maioria dos produtos químicos, exceto cetonas e ésteres. O PVF foi usado como parte da barreira biológica do Phoenix Mars Lander, uma sonda espacial não-tripulada na NASA, colocando todas as suas atribuições em prova.

O PET (Polietileno tereftalato) possui uma baixa absorção de água e boa resistência às forças atrativas, pois a resistência à tração do filme de PET é similar à do filme de alumínio. Por possuir rigidez e alta resistência mecânica e química o PET é usado para auxiliar na estruturação dos módulos, pois é um dos filmes termoplásticos mais resistentes existentes.

O PVDF (Fluoreto de polivinilideno) é um plástico especial usado em aplicações que exigem a mais alta pureza, além de resistência a solventes, ácidos e hidrocarbonetos. Pode ser injetado, moldado ou soldado e é comumente usado nas indústrias químicas, de semicondutores, médica e de defesa, bem como em baterias de íon-lítio e cada vez mais em aplicações aeronáuticas e aeroespaciais.

A resina PVDF foi submetida a experimentos de alta temperatura para testar sua estabilidade térmica. O material foi mantido por 10 anos a 302°F (150°C) e as medições indicaram que não houve ruptura térmica ou oxidativa. A resina PVDF foi registrada como estável até 375°C (707°F).

O PVDF possui maior teor de flúor na sua composição do que os materiais de PVF, consequentemente a sua resistência ao é melhor, por isso ele é utilizado na camada mais externa do módulo.

As multicamadas do Backsheet do módulo Mono PERC Frame 400W da Komeco são responsáveis por maximizar a proteção e resistência do módulo as intempéries. Confira abaixo como essas camadas estão distribuídas:

A Komeco tem trabalhado diariamente para trazer inovações para você. Gostou da novidade? Clique aqui e confira o nosso lançamento.

Compartilhe

4 comentarios em “Pequeno no tamanho, gigante na eficiência: conheça os novos módulos 400W da Komeco.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *