Posso ajudar?
Por dentro da Komeco

Assine nossa newsletter


Afinal, qual é a diferença do ar inverter?

Com o passar do tempo, a tecnologia não para de se reinventar e trazer novidades para a nossa vida. Com os condicionadores de ar da Komeco, a história não é diferente.

Atualmente, estamos vivendo a era do conceito Inverter, mas afinal, qual é o diferencial dessa categoria quando a comparamos com os modelos tradicionais?

Esteticamente falando, os dois modelos são praticamente iguais, mas quando comparamos as funcionalidades do produto as diferenças começam a se destacar.

Fica tranquilo! Hoje a gente vai te explicar tudo sobre os condicionadores de ar inverter.

Primeiro, você precisa saber que essa tecnologia foi desenvolvida visando diminuir o consumo de energia do seu ar-condicionado. O sistema inverter funciona da seguinte forma: o compressor tende a não se desligar completamente durante o funcionamento da máquina. Enquanto nos aparelhos convencionais, para manter a temperatura ideal, o compressor liga e desliga diversas vezes.

Esse novo comportamento é um grande aliado da sua conta de luz, pois evita picos de energia e por consequência, ameniza os gastos. A economia gerada por um ar-condicionado inverter pode chegar a 40% do consumo.

Separamos alguns tópicos de comparação para te ajudar a entender essa diferença na prática:

DESEMPENHO AR INVERTER X AR CONVENCIONAL

Confira nos gráficos abaixo como funciona a oscilação nos dois modelos durante a climatização de um ambiente. Devido ao funcionamento intermitente dos condicionadores, essa variável costuma ser maior nos aparelhos convencionais e acarretar um maior consumo energético.

desempenho convencional

Compressor com rotação fixa e intermitente, trabalha no sistema liga/desliga.

desempenho inverter

Compressor com rotação variável e contínua.

 

RUÍDO AR CONVENCIONAL X AR INVERTER

Outro fator comparativo entre os condicionadores de ar inverter e convencionais é o ruído emitido durante o funcionamento dos aparelhos.

Nos condicionadores de ar convencionais, o nível de ruído da unidade externa (condensadora) é um pouco maior que o Inverter, justamente pelo fato de o compressor operar com rotação fixa e intermitente. Na unidade interna (evaporadora), em geral, podemos encontrar quatro níveis de regulagem do fluxo de ar: baixa, média, alta e automática.

Já nos condicionadores de ar Inverter, o nível de ruído da unidade externa (condensadora) costuma ser mais baixo, também pelo fato de o compressor operar com rotação variável e contínua. Na unidade interna (evaporadora), geralmente, encontramos um nível de regulagem adicional da velocidade do fluxo de ar que o torna mais lento e suave.

Em média, o ar condicionado convencional necessita de um tempo um pouco maior de operação para atingir a temperatura desejada, se comparado com o Inverter.

 

CUSTO BENEFÍCIO AR CONVENCIONAL X AR INVERTER

No Brasil, a tecnologia inverter vem ganhando espaço com mais versões e opções. Optar por um ar condicionado inverter resulta em um investimento mais alto do que optar pelos condicionadores de ar tradicionais. Entretanto, é preciso olhar essa conta por um outro ângulo.

Com o passar do tempo, a economia gerada pelo ar inverter poderá alcançar até 40% em relação ao ar convencional, resultando em contas de luz mais barato e um valor final mais vantajoso.

 

Atualmente a Komeco conta com os modelos inverter dos condicionadores de ar Piso-Teto e Cassete para levar mais qualidade e conforto para o seu dia a dia. Acesse a nossa Comunidade de Vendas e peça já o seu orçamento!


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − nove =